domingo, 1 de janeiro de 2012

Lady Blue


- Demoras?
-  (Silêncio)
- Faz 10 anos...
- O quê?
- Que eu te inventei.
- É por isso que tenho direito a um copo?
- Se quiseres...
- E posso tratar-te por tu?
- Como queiras.
- Isto é que é um ano verdadeiramente novo!
- (Silêncio)
- E então os dez anos querem dizer alguma coisa especial?
- Talvez... Gostava de te dar vida.
- ... Não posso crer! A sério?
- É. Já creseceste. Talvez estejas mesmo madura. É melhor fazer qualquer coisa de ti, antes que caias de podre.
- Ah...! Continuas simpática.
- Já não estou em idade de mudar.
- E o que queres fazer de mim?
- ... Uma gaja do século XXI...
- E o que é isso?
- Pois... é aí que a porca torce o rabo...
- Quer dizer, convidaste-me para nada... conversa fiada...
- Preciso de conviver contigo.
- Claro. E eu sempre às tuas ordens.
- Se não quiseres, tudo bem. Voltas para a gaveta e morres asfixiada. (Pausa) Vai-te foder.
- Talvez seja melhor.
- Adeus.

4 comentários:

margarete disse...

ah, estava aqui :) há quanto tempo!

ângela f. marques disse...

:)))) que boa visita!
tempos conturbados, mas sempre se voltam aos lugares de queridos.
beijo

Ana Maria Martins disse...

:) like!

Isa Lisboa disse...

Intrigante...